Nova Revisão da Norma 17025

By | Auditorias | No Comments

Nova Revisão da Norma 17025

Será publicada já no segundo semestre de 2017 a nova revisão da Norma ABNT ISO IEC 17025, aplicável à sistemas de gestão de laboratórios de ensaios e calibração.

A norma ISO IEC 17025 teve sua última revisão e publicação no Brasil no ano de 2005, com um alinhamento significativo na época com os requisitos da norma ISO 9001. Desde 2015, o WG44 (grupo de trabalho responsável pela revisão da 17025) vêm trabalhando na atualização da norma considerando já as expectativas relacionadas a versão da ISO 9001:2015.

De acordo a CGCRE/INMETRO e a ABNT, a publicação da nova revisão ocorrerá entre agosto e outubro de 2017, o que já possibilita uma movimentação dos laboratórios para compreensão e esclarecimentos das novas exigências da 17025. De acordo com documento explicativo cedido pela DICLA/CGCRE/INMETRO, a nova estrutura da norma esta de acordo com a tabela abaixo:

Percebe-se uma mudaça estrutural significativa. Em termos gerais, a nova versão utiliza os textos mandatórios do documento do CASCO QS-CASPROC/33 Common Elements of CASCO Standards para imparcialidade, confidencialidade, reclamações, sistema de gestão; elimina requisitos de políticas e reduz bastante requisitos de procedimentos; elimina detalhes do modo de operação, particularmente nos requisitos do sistema de gestão; tem foco no resultado que se espera com a implementação do requisito; abordagem com foco em processo; anexo A e B que propõe duas opções de estruturar o sistema de gestão do laboratório.

A informação cedida pela CGCRE/INMETRO define um prazo de até três anos após a publicação da nova revisão para que os laboratórios estejam adequados. No entanto, os avaliadores serão orientados em workshops proporcionados pela própria CGCRE/INMETRO até dezembro/2017 como deverão proceder nas avaliações em 2018.

Em e-mail encaminhado para os laboratórios RBC/RBLE pela DICLA no dia 06/06/2017, foi informado que:

A política de transição a ser aprovada pela Cgcre em norma específica apresentará os prazos para a implementação dos requisitos da Norma ISO/IEC 17025:2017,  permitindo que os laboratórios de calibração e de ensaio acreditados e postulantes à acreditação tenham um tempo adequado para processar as alterações necessárias em decorrência da publicação da nova revisão desta norma.

Caso a norma seja publicada após a versão DIS, estima-se que seja publicada até final de agosto de 2017. Neste caso, a partir de 02/01/2018, todos os laboratórios de calibração e  de ensaio acreditados, assim como postulantes à acreditação inicial ou para extensão, serão avaliados segundo os requisitos da Norma ISO/IEC 17025:2017. Isso será feito ainda que a solicitação de acreditação ou extensão tenha sido baseada nos requisitos da ABNT NBR ISO /IEC 17025:2005.

Caso a norma seja necessário o estágio de FDIS, estima-se que a norma seja publicada em dezembro de 2017. Neste caso, a partir de 02/05/2018, todos os laboratórios de calibração e  de ensaio acreditados, assim como postulantes à acreditação inicial ou para extensão, serão avaliados segundo os requisitos da Norma ISO/IEC 17025:2017. Isso será feito ainda que a solicitação de acreditação ou extensão tenha sido baseada nos requisitos da ABNT NBR ISO /IEC 17025:2005.
O prazo para evidenciar ações corretivas referentes à adequação aos requisitos da Norma ABNT NBR ISO /IEC 17025:2017, excepcionalmente, será:
Para avaliações realizadas em 2018, 180 (cento e oitenta) dias após a data de realização da reunião final da avaliação do laboratório.
Para avaliações realizadas a partir de 02/01/2019, 120 (cento e vinte) dias após a data de realização da reunião final da avaliação do laboratório.”

 

A Exactus Metrologia e Qualidade iniciará a formação dos interessados na Interpretação dos Requisitos da Norma 17025:2017 a partir da publicação da nova versão. A formação de Auditores da Norma 17025:2017 ocorrerá somente em 2018.

Será realizado um WorkShop sobre Ensaios de Proficiência e a Norma 17025 versão 2017  dia 16/08/2017 em Porto Alegre/RS.

Post Original: http://www.exactusmetrologia.com.br/blog/nova-revisao-da-norma-17025

 Eve Melo – Sócio Diretora

Atender um cliente vai além do resultado entregue

By | Gestão Laboratórios | No Comments

 Por: Elyan Fábio Corrêa – CS LiteLiMS.com – elyan@litelims.com

Seu time comercial precisa ficar correndo atrás de novos clientes? Os clientes atuais andam desaparecidos? Como anda o atendimento do seu laboratório? Talvez a resposta dessas perguntas esteja relacionada com a qualidade do serviço do seu laboratório. Não estou falando só da qualidade do resultado apresentado, mas todo o ciclo de atendimento, desde o recebimento de uma nova solicitação até a entrega dos resultados.

Customer satisfaction concept with businessman hand drawing smil

“conquistar um novo cliente custa de 5 a 7 vezes mais do que manter um existente”

Segundo Philip Kotler, considerado o pai do marketing:  “conquistar um novo cliente custa de 5 a 7 vezes mais do que manter um existente”. Esta frase é um alerta, de  como um laboratório pode empregar melhor os recursos engajando seus clientes atuais e então novos clientes irão ingressar no seu fluxo comercial de uma maneira muito mais rentável.

Engajar os seus clientes, é criar valor para o seu serviço, não se trata apenas de praticar preços competitivos, mas sim garantir  o sucesso do seu cliente pelo mesmo preço justo. Oferecer diferenciais é uma excelente forma de entregar mais valor.

É muito comum na hora de melhorar o laboratório, os gestores investirem na estrutura e em equipamentos novos e caros, porém esquecem que o modelo de gestão do laboratório precisa ser atualizado, um software LIMS entrega um valor muito perceptível aos clientes com um custo menor e garante que o laboratório utilize melhor os recursos e a estrutura existentes e também garante que os investimentos futuros sejam melhor aproveitados.

Um LIMS permite que o laboratório se organize melhor, consequentemente aumente a qualidade do seu serviço. Com o fluxo de trabalho bem definido é possível por exemplo, conhecer melhor sua demanda de análises, estipular prazos corretos de entrega e reduzir o número de atrasos.

Além da redução de atrasos, há um incremento na competitividade geral do laboratório, que através de um LIMS bem implementado e alimentado passa conhecer melhor seus indicadores podendo entender quais as maiores demandas  de seus clientes e onde é recomendável investir melhor os recursos.

O que é o Controle de Qualidade (CQ) de laboratório?

By | Fluxo de Trabalho, Gestão Laboratórios | No Comments

O que é o Controle de Qualidade (CQ) do laboratório?

www.litelims.com

O controle de qualidade do laboratório é a prática de procedimentos de auditoria em um laboratório para garantir que os resultados gerados pelo laboratório sejam precisos e completos. O objetivo é manter alta qualidade e confiabilidade. Os laboratórios também podem usar o controle de qualidade para gerenciar os custos e os horários dos funcionários efetivamente. Isso inclui auditoria interna e externa para segurança extra e garantia. As empresas especializadas em controle de qualidade de laboratório disponibilizam seus serviços para laboratórios em uma variedade de configurações.

Os técnicos de laboratório devem seguir procedimentos muito precisos ao realizar e relatar os ensaios. Esta é uma parte fundamental do controle de qualidade para a consistência nos resultados. Eles também rotineiramente calibram e verificam equipamentos de laboratório para garantir que ele esteja funcionando corretamente, bem como manter logs para mostrar que isso foi feito e fornecer informações sobre os resultados. Os funcionários do laboratório também podem registrar o processo de teste para que a documentação esteja disponível no caso de uma auditoria, seja interna, ou até mesmo da ISO/IEC 17025 auditado pelo Inmetro.

Os procedimentos de auditoria interna para o controle de qualidade laboratorial podem incluir testes repetidos para ver se os resultados são os mesmos, examinando a documentação para determinar se os funcionários estão realizando os ensaios corretamente e verificando equipamentos de laboratório para garantir que ele esteja funcionando corretamente. Estes podem ser realizados por um supervisor ou um oficial de controle de qualidade. As proteções internas também incluem a emissão de manuais de funcionários claros e detalhados para uso da equipe de laboratório.

As auditorias externas podem envolver a repetição de testes em diferentes instalações, a contratação de técnicos para calibrar e verificar o equipamento e pedir aos oficiais de controle de qualidade que examinem os registros e os procedimentos laboratoriais. Este processo pode incluir o uso de um consultor para garantir que um laboratório esteja usando os padrões mais atualizados para todas as suas práticas de teste e relatórios. A lei pode exigir que os laboratórios sejam submetidos à inspeção por agências governamentais para fins de garantia de qualidade laboratorial. O inspetor redigirá possíveis violações e preocupações, identificando áreas onde o laboratório precisa ser melhorado.

O controle de qualidade do laboratório em laboratórios que tratam evidências também inclui uma camada extra de precauções para proteger a integridade das amostras para evidência. Esses laboratórios não só precisam realizar testes com precisão, mas também precisam seguir as regras da evidência para prevenir uma situação em que a evidência e os resultados dos exames possam ser alterados porque o laboratório não seguiu o procedimento. Isso inclui o treinamento de pessoal em procedimentos de cadeia de custódia, ter uma área segura para armazenamento de evidências e usar sistemas claros de rotulagem e rastreamento para monitorar evidências no laboratório em todos os momentos.

CQ

Uma das melhores ferramentas do mercado para realizar um trabalho organizado e rastreável, com qualidade a prova, é o LiteLiMS.com, uma plataforma completa para gerenciamento de laboratórios, desde o fluxo de trabalho com as amostras, até a gestão de toda documentação!

Conheça o LiteLiMS e saiba como ele vai te ajudar!

Reference: www.wisegeek.com

Usando laboratórios externos para CQ do seu Laboratório

By | Gestão Laboratórios | No Comments

Usando laboratórios terceiros para melhorar a performance e controle de qualidade de seu laboratório!

laboratory-testing.jpg_size-medium

Qualquer pessoa que trabalhe em um laboratório compreenderá a importância do controle de qualidade. CQ é o processo usado para detectar erros para garantir a confiabilidade e precisão dos resultados dos ensaios. Sem CQ, os erros laboratoriais podem passar despercebidos, resultando potencialmente em erros na entrega de seus relatórios de conformidade finais.

Ao utilizar laboratórios internos de CQ, precisamos ter confiança na precisão dos resultados produzidos. Somente usando controles de qualidade de terceiros, eles podem realmente ter certeza disso. Então, qual é a diferença entre um controle de terceiros e um controle de um fabricante de instrumento ou insumos e por que os laboratórios devem usar controles de terceiros?

Terceiro é o termo usado para descrever um controle que não foi projetado ou otimizado para uso com um teste ou sistema específico. Como tal, melhorará o desempenho das amostras de clientes e fornecerá uma avaliação imparcial e independente do desempenho analítico.

Muitos fabricantes de equipamento e insumos fornecem controles de qualidade dedicados para uso com seus próprios insumos e analisadores. Otimizados para uso com esses ensaios ou sistemas específicos, esses controles geralmente mascaram deficiências e, portanto, são cada vez mais considerados menos efetivos em comparação com controles de terceiros.

Este é um fato que é reconhecido por órgãos regulatórios e padrões em todo o mundo, e isso é corroborado na ISO 17025.

“Os materiais de controle de qualidade devem ser diferentes dos materiais do calibrador para garantir que o procedimento de controle de qualidade forneça uma avaliação independente do desempenho do procedimento de medição na sua totalidade, incluindo o procedimento para a calibração da medição”.

Controles de terceiros

Os verdadeiros controles de terceiros são construídos de forma independente, o que significa que eles dão resultados totalmente imparciais.

Os principais laboratórios de controle como terceiros atribuem valores-alvo usando dados de milhares de laboratórios independentes – dados genuinamente independentes, multi-métodos e multi-analisadores. Os valores-alvo são, como resultado, mais precisos e confiáveis.

Alguns Laboratórios terceiros oferecem muita credibilidade em suas análises, com armazenamento de mais de 10 anos em amostras dependendo das exigência de seus clientes. Isso permite o monitoramento de CQ a longo prazo e a detecção de mudanças após a mudança do lote fabricado. Isso pode ajudar os laboratórios a economizar tempo e dinheiro devido a menos crossovers de lotes.

Versus:

Controle dos fabricantes de instrumentos / reagentes

Alguns fabricantes usam a mesma matéria-prima para fazer controles e calibrações, tornando os controles menos sensíveis às mudanças de desempenho.

Não é incomum que os fabricantes de instrumentos / insumos atribuam seus valores CQ usando apenas um número limitado de resultados gerados em seus próprios instrumentos, usando seus próprios insumos e calibradores. Isso pode resultar em precisão percebida, amplos intervalos irrealistas e variabilidade do lote para o lote.

O LiteLiMS.com é um sistema que ajuda as indústrias e laboratórios terceiros neste processo, entendendo as necessidades do mercado e oferecendo a melhor ferramenta para gestão de todas as atividades laboratoriais, acesse www.litelims.com e conheça um pouco mais sobre como ajudamos laboratórios de todos os segmentos no Brasil inteiro.

Conheça o LiteLiMS e saiba como ele vai te ajudar!

[DICA LiteLiMS] Como Vender Mais!

By | Sem categoria | No Comments

Como laboratórios prestadores de serviço podem vender mais ensaios usando as tecnologias atuais de vendas!

 Gustavo Baumgarten | CEO LiteLiMS.com | gustavo@litelims.com
 https://www.linkedin.com/in/gustavo-baumgarten/

17bbebb

Você provavelmente já deve ter ouvido esta frase, “Comprar mudou, então mude seu jeito de vender“, honestamente não sei quem inventou esta frase, mas ela está presente hoje em quase toda campanha de empresas que vendem suas coisas pela internet. Fazendo uma análise bem fria, o que isto quer dizer exatamente? Hoje nosso consumo mudou, são tantas opções de compras, e comodidades, tantas empresas Startups pensando no futuro melhor e mais sustentável pro mundo, tanta solução chinesa a custo quase zero, compras coletivas, colaborativas, enfim, existe uma variedade tão grande de opções que é justo pensar, hoje compramos de uma forma diferente de como comprávamos há 10 anos, e claro, a tendência é que os próximos 10 anos também sejam diferentes.

Nós decidimos te ajudar, e nas próximas semanas estaremos lançando uma série de conteúdos ligando Laboratórios à Marketing e Vendas. Inicialmente acho importante levar em consideração sempre alguns fatores bem importantes para vendas de serviços em Laboratórios:

Marketing – Como você vai chamar a atenção do cliente para você?

shutterstock_162861527

Os modelos mais tradicionais de chamar atenção do cliente eu sei que você já ouviu falar, mas vamos citar alguns canais para gerar contrapontos entre modelos mais recentes, por exemplo, Site, Feiras, Mídias Gráficas (Folders, Panfletos, Revistas), Press release (Virar notícia em Jornais, TV), enfim, são vários, e os modelos mais novos, Facebook Ad’s, Google Adwords, Linkedin, Geração de Conteúdo, etc.., Vamos comparar?

Vamos falar especificamente de Feiras e Linkedin, sendo feira o modelo mais tradicional de propagação da marca e serviços e o Linkedin que é uma ferramenta bem recente e que muita gente conhece como sendo o lugar onde pode se expor o que faz profissionalmente, porém você precisa saber que esta é uma das melhores ferramentas para busca de contatos profissionais para vendas do mercado, e eu vou te mostrar o por que agora.

Modelo de Marketing 1: Feiras 

Prós 

– Volume de Pessoas que passam pelo Estande
– Relacionar pessoalmente com o potencial cliente
– Criar Networking

Contras 

– Preço do espaço e montagem do Estande
– Gerar Materiais complementares (Folders)
– Não ter publico direcionado ao seu segmento

Modelo de Marketing 2: Linkedin 

Prós 

– Praticamente todo mundo tem uma conta no Linkedin e o mantém atualizado
– Ferramenta de busca de pessoas do seu interesse (Direcionamento de Personas)
– Permite se conectar com as pessoas de seu segmento

Contras 

– A ferramenta premium, que aumenta a busca, tem custo (R$300,00)
– Você tem que procurar as pessoas
– Não tem acesso aos contatos da pessoa (No Início, depois eu explico)

Você pode imaginar que esta lista não tem fim, mas se a gente analisar um modelo equivalente de promoção da marca/serviço em massa, respondendo algumas perguntas chaves, eu tenho certeza que vai te fazer refletir.

Pergunta chave: Qual modelo seria melhor para atrair mais Leads para meu laboratório? (O que é Lead?)
Perguntas Complementares.
1 – Em qual modelo eu consigo chamar mais atenção do meu cliente por um custo menor?
2- Qual o modelo eu vou ter menor trabalho para chamar atenção?
3- Em qual modelo serei mais assertivo no meu público alvo?

Vamos a uma análise mais estratégica:

Comparações Complementares

Feira

Linkedin

Relação entre Lead e Custo Valor de participação numa Feira é de 4 dias e no mínimo 30.000 reais e em uma boa feira você deve sair com umas 50 boas oportunidades de negócios a serem trabalhadas em seu funil de vendas. No Linkedin você não tem limite de tempo na pesquisa, pode fazer todos os dias, também determina qual a expansão da sua busca, podendo consultar 10, 100, 1000 pessoas que estão de acordo com seu mercado alvo gastando nada, ou se preferir, 300 reais no modelo premium.
Menos Trabalho, Mais Volume Na feira o trabalho é muito extenso, são pelo menos 4 dias longe de casa, de pé e falando o dia todo, sendo que mais de 70% das pessoas que passam pelo seu estande são apenas curiosos ou atuais clientes. Basta que uma pessoa use em média 1h de trabalho por dia para conseguir pelo menos o contato de 50 pessoas que realmente interessam para você prospectar dentro do seu funil de vendas.
Mais Assertivo no Público Alvo Vão passar todo tipo de pessoas no seu estande e você nunca vai saber se aquela pessoa que está lá naquele momento é de verdade a pessoa que vc quer vender, ou se é apenas algum curioso 100% das pessoas que você busca determinando qual a persona que te interessa entram para seu funil.

Então fica claro entender, participar de feiras é bom? sim é, porém deixa apenas um grande benefício, o avanço dentro do funil de vendas que os leads entram, pois já conhecem seu produto e já te conheceram pessoalmente, por outro lado, no Linkedin você consegue acesso a muito mais pessoas, a um custo muito menor, muito mais rápido, sendo muito mais assertivo na conquista por já saber quem ele é, e o que ele faz, e tem uma chance tão boa o quanto de fazer negócio depois que esta pessoa já está na mesma etapa do funil do que os leads que vieram da Feira.

Já que você leu este conteúdo até aqui, eu tenho uma dica super legal pra você, nós conseguimos extrair os contatos, como e-mail, telefone, e todas as informações da pessoa no Linkedin através de uma ferramenta, me manda um e-mail que eu te conto Ok!

No próximo post iremos dar dicas sobre como usar o Linkedin para conquistar mais clientes, fique ligado!

linkedin

Este é o conteúdo para as próximas semanas, volte aqui que faremos um conteúdo completo sobre como melhorar as vendas do seu laboratório!

Comercial – Como você vai atender ele com o custo mais barato e converter mais rápido?

Sucesso do Cliente – Como gerar retenção e mais negócios com os atuais clientes?

Tecnologia – Como aderir a novas tecnologias na operação melhoram o valor agregado do serviço.

Aproveite e não deixe de conhecer como a LiteLiMS.com está ajudando centenas de laboratórios por todo Brasil!

LIMS + Indicadores

By | Fluxo de Trabalho, Funcionalidades | No Comments

Como um sistema LIMS auxilia a tomar decisões melhores e dialogar com a gestão do laboratório.

 Por: Elyan Fábio Corrêa – CS LiteLiMS.com – elyan@litelims.com

Indicadores

Quantas vezes você já precisou tomar uma decisão e ela foi questionada por superiores? Ou então lhe faltavam dados para saber se essa era a decisão correta a tomar? Como medir o desempenho da sua equipe? Quais são os solicitantes com maior movimento?

William Edward Deming é considerado por muitos o pioneiro em estudos sobre melhorias na área de qualidade, a ele é atribuída a frase “Sem dados você é uma pessoa qualquer com uma opinião”. Esta frase nos trás a reflexão sobre quantas vezes nos faltava dados para justificar uma decisão, este é um dos pontos que um LIMS trata dentro das organizações.

Graças a integração de informações dentro do LIMS, diversos dados como por exemplo: a duração média de análises e seu custo estimado podem ser consultadas em períodos personalizados.

Fruto da utilização correta do LIMS, os indicadores gerados através do big data  servem como embasamento para aprimorar o planejamento estratégico da empresa. Seria o momento de aumentar o número de colaboradores? Seria o momento adequado para trocar de equipamento? Ou quais ensaios do escopo agregam maior receita ao laboratório?

Na próxima vez que você se sentar em uma reunião e precisar defender ou analisar uma situação em específico, lembre-se que você tem um LIMS e todos os dados lá existentes estão disponíveis para consulta, basta você analisar os dados e terá embasamento para melhorar o diálogo com superiores.

Vale ressaltar que os indicadores complementam o processo de decisão e outros fatores podem ser levados em consideração, principalmente quando não há massa crítica suficiente no volume dos dados para chegar a algum resultado.

O LiteLiMS possui diversos indicadores em uma área exclusiva para se trabalhar dentro do laboratório, conheça mais sobre os indicadores através de uma demonstração.

O valor da Rastreabilidade no Laboratório

By | Desenvolvimento, Fluxo de Trabalho | No Comments

O valor da rastreabilidade – O que ganhamos com a utilização de um LIMS no controle e identificação das amostras?

 Por: Elyan Fábio Corrêa – CS LiteLiMS.com – elyan@litelims.com

Fluxograma-LiteLiMS

 

O produto de um laboratório não é só a execução da análise dentro dos padrões estabelecidos, o produto do laboratório é também o resultado desta análise. E o modo que o laboratório produz, armazena e distribui estes resultados têm um impacto direto sobre a qualidade do serviço prestado.

Um sistema LIMS garante a segurança do fluxo informacional de ponta a ponta, com etapas e formulários estabelecidos de acordo com as melhores práticas e padrões temos a garantia de que toda a amostra que passa pelo laboratório possuirá os dados necessários para a execução das análises corretas, evitando problemas com a falta de informações que induzem a erros.

O controle padronizado de informações das amostras e rastreabilidades, permite realizar facilmente consultas em todo histórico dos serviços executados pelo laboratório, agilizando a localização dos resultados, sem que seja necessário procurar manualmente em diversas planilhas ou armários e também com a garantia e segurança de que os dados correspondem a amostra correta.

Além das informações e resultados das amostras, a rastreabilidade também registra o histórico de todas as etapas que a amostra passou por dentro do laboratório, como por exemplo por quem e quando a amostra foi recebida no laboratório.

A utilização de rastreabilidades agrega segurança – apenas usuários com permissão possuem acesso a rastreabilidades – garantindo que nenhum dado vai vazar de dentro do laboratório.

O controle de rastreabilidades pode curar diferentes dores que não foram mapeadas neste artigo, caso você possua dúvidas sobre quais vantagens um sistema LIMS e o controle de rastreabilidades podem trazer ao seu laboratório, entre em contato conosco e nossa equipe irá lhe auxiliar.

Conheça o LiteLiMS e saiba como ele vai te ajudar!

Adotamos um Laboratório :)

By | Comercial | No Comments

FullSizeRender

No final do ano passado (Nov/2016) a LiteLiMS.com foi convidada para um projeto muito legal criado pela UNIVILLE – Fundação Educacional da Região de Joinville, representado pela Profa. Dra. Giannini Pasiznick Apati – Chefe da Área de Pesquisa, o projeto chamado “Adote um Laboratório” consiste em chamar empresas fornecedoras de recursos para Laboratórios, para apoiar a instituição e fomentar o desenvolvimento de tecnologia no ambiente da instituição de ensino junto aos alunos, pesquisadores e professores.

A LiteLiMS.com assumiu o compromisso de ajudar, e “adotou” o laboratório de Análise Instrumental da UNIVILLE, confira os serviços prestados pelo Laboratório.

LABORATÓRIO DE ANÁLISES INSTRUMENTAIS I 
O laboratório de análises instrumentais I conta hoje com os equipamentos mais modernos para análise de química fina, sendo estes: Cromatógrafo Líquido de Alta Eficiência (HPLC), Cromatógrafo Gasoso (CG), Cromatógrafo Gasoso com Espectroscopia de Massa (CG-MS), Cromatógrafo de íons – sistema de cátions e ânions e um Espectrômetro de Infravermelho (NIR), além de outros equipamento menores como balanças analíticas, digestores, chapas de aquecimento e agitação, sistema de filtração, para o preparo das amostras.

LABORATÓRIO DE ANÁLISES INSTRUMENTAIS II 
O laboratório de análises instrumentais II encontra-se hoje adjunto ao laboratório de pesquisa em materiais, onde oferece o suporte para as análises de materiais desenvolvidos neste laboratório. O laboratório de análises instrumentais II conta com diversos equipamento como: Calorímetro Diferencial Exploratório (DSC), Analisador Termogravimétrico (TGA), Cromatografia Permeação Gel (GPC), Espectrofotômetro no Infravermelho por Transformada de Fourier (FTIR).

Hoje ajudamos a UNIVILLE não só com o nosso sistema para Gerenciamento de Laboratórios, mas também estamos dando uma força para ajudar o Laboratório de Análises Instrumentais a prestar serviços para fora da Universidade, dando todo suporte e apoio no desenvolvimento de processos comerciais e desenvolvimento de escopo comercial do Laboratório.

FullSizeRender 2

Gostaria de ter um Laboratório adotado também? entre em contato conosco, será um prazer desenvolver esta parceria com todas as universidades do Brasil.

Solicite uma demonstração do LiteLiMS.com agora!

[NOVIDADE] Indicador de análises realizadas no período

By | Desenvolvimento | No Comments

Que tal conhecer o total de horas produtivas das análises do seu laboratório no mês?

Através do indicador de análises executadas no período você consegue gerar uma lista de todas as análises que foram iniciadas e encerradas no período que você definir.

Para acessar o indicador, clique em “Rastreabilidades” no menu esquerdo e então você será redirecionado para a lista de rastreabilidades pendentes, nesta janela você tem alguns indicadores no canto direito, clique no item “Ensaios Concluídos”.

Ao carregar a janela de ensaios concluídos, será listada as análises do mês corrente, caso queira visualizar um período diferente, basta selecionar as datas no campo determinado.

Após selecionar o período, o sistema fará a consulta no banco de dados, listando as análises e calculando a duração total de todas as horas produtivas do laboratório e informando o número total de análises executadas.

novidades

Caso tenha alguma dúvida, entre em contato com nossa equipe.

Fique por dentro para conhecer novas funcionalidades e extrair mais do LiteLiMS.

Elimine os FUROS do estoque

By | Fluxo de Trabalho, Funcionalidades, Institucional | No Comments

COMO ESTÁ O ESTOQUE DO SEU LABORATÓRIO HOJE? – ELIMINE OS FUROS DE ESTOQUE

 Por Elyan Corrêa – elyan@litelims.com

INSUMOS

Quantas vezes você já se deparou com reagentes fora do prazo de validade ou furos no estoque do seu laboratório? Quantas rastreabilidades já sofreram atrasos por falta dos insumos necessários para realização das análises?

Um laboratório de qualquer tamanho pode possuir um estoque variado de reagentes, insumos e consumíveis, que aumenta a dificuldade em manter o controle sobre o estoque de reagentes utilizados nas análises. Inúmeras “soluções” foram criadas para o controle do estoque, o exemplo mais comum são as planilhas de controle, entretanto os métodos tradicionais não são eficazes e geram uma falsa sensação de controle.

Dentro da rotina do laboratório, o analista pode cometer erros ao atualizar as informações das planilhas ou esquecer de dar baixa nos insumos utilizados em uma análise, sem contar que muitas vezes é difícil manter o controle fracionado de algumas substâncias.

O LiteLiMS integra o controle do consumo de insumos dentro do processo de execução da análise, auxiliando o analista a dar baixa nos insumos utilizados no momento de conclusão, eliminando os possíveis  erros de estoque e avisando os responsáveis pela compra dos insumos o momento certo para realizar a reposição do reagente.

Além do controle de estoque auxiliado pelo LiteLiMS, o sistema realiza a verificação constante da validade dos reagentes, informando com antecedência quais lotes precisam ser substituídos, ou revalidados conforme a realidade de cada laboratório, está função evita que você mantenha em estoque insumos fora do prazo de validade e evitando problemas com auditorias.

Além de todas as vantagens que já foram citadas, o controle de estoques possui a rastreabilidade de todos os lotes dos insumos que já passaram por dentro do seu laboratório, oferecendo maior segurança a todas as análises executadas pelo seu laboratório.

Comprove como a inteligência de um LIMS aumenta a produtividade do laboratório, a integração dos processos de gestão reflete diretamente na economia do laboratório, com a redução de compras desnecessárias e atrasos na reposição do estoque de reagentes.

Solicite uma demonstração do LiteLiMS.com agora!